Slideshow

10/07/2018 10:02

Juiz de futebol de MT pode ser o primeiro a usar o árbitro de vídeo no Brasil

(foxsports)

Atualmente nos quadros da Fifa, o juiz de futebol e membro da Federação Mato-Grossense de Futebol Wagner Reway é um dos oito árbitros habilitados no Brasil a atuar com a ferramenta de árbitro de vídeo em jogos oficiais. Conhecida pela sigla VAR, a ferramenta teve o seu uso popularizado durante a Copa do Mundo 2018 e vai estar disponível no Brasil a partir das quartas de final da Copa do Brasil.

Os jogos das oitavas de final foram adiados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para terem início um dia após a final da Copa do Mundo, na Rússia. A primeira partida dessa fase – que ainda não poderá contar com o VAR – será realizada em 16 de julho.

Apenas a partir das quartas de final, que começam dia 01 de agosto, que o uso deve ser massificado. Mesmo habilitado, ainda não há expectativa de quando o árbitro de Mato Grosso vai atuar com o VAR, pois será realizado um sorteio para a escolha do profissional pioneiro nessa técnica em solo brasileiro.

O treinamento, prático e teórico, foi oferecido a oito assistentes e durou oito dias. Wagner disse ao LIVRE que a arbitragem brasileira tem boas expectativas para a entrada da ferramenta de auxílio nos jogos oficiais. “O árbitro de vídeo dá mais justiça aos jogos. Às vezes acontecem situações que o olho humano não ajuda, por isso o futebol precisava dessa ferramenta”, avaliou.

Reway, que morou em Mato Grosso por 29 anos e está há dois no Rio de Janeiro (RJ), ressaltou que está preparado caso seja escalado para atuar em jogos com o auxílio da ferramenta. “Claro que a gente vai se aperfeiçoando. Mas o treinamento foi suficiente para garantir a utilização do árbitro de vídeo”, concluiu.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo