Política

08/04/2021 15:09

Vereador Claudinei destaca auxílio do Ser Família Emergencial para 1.494 família de Alta Floresta

O auxílio Ser Família Emergencial do Governo de Mato Grosso vai contemplar 1.494 famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza em Alta Floresta. Cada família receberá R$ 150 por três meses. Foram selecionadas famílias por meio do Cadastro Único (CadÚnico) do Ministério da Cidadania e inscritos no Programa Bolsa Família.

O Ser Família Emergencial será concedido às famílias com renda mensal per capita de até R$ 89. O benefício será concedido somente a um beneficiário por família preferencialmente à mulher pelo período de três meses. O auxílio, no entanto, será destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos a base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

Ainda não há previsão de início do pagamento do auxílio. Contudo, a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania estima que em no máximo trinta dias comece a ser feita a transferência de renda para os beneficiários.

Vereador Claudinei de Souza Jesus (MDB), líder do prefeito na Câmara Municipal, apresentou recentemente em plenário uma indicação solicitando ao presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, que o município de Alta Floresta fosse contemplado com o Programa Ser Família definitivo. O programa estadual foi lançado em dezembro de 2020 para transferência de renda de R$ 100 até um salário mínimo, dependendo do perfil que será enquadrado o beneficiário. Segundo o vereador, o município de Alta Floresta deverá ser contemplado na próxima etapa.

Já sobre o auxílio emergencial confirmado para quase 1500 famílias de Alta Floresta, Claudinei de Jesus considera importante principalmente por beneficiar famílias de baixa renda. “É de suma importância nesse momento, é uma indicação que fizemos ao presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi. Então, o Ser Família Emergencial vem para pegar esse período que ficou vago entre a implantação do Ser Família normal e a situação que as famílias estão passando com relação ao Covid”, ressaltou.

 

(ASSESSORIA)


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo