Política

09/12/2019 15:32

INTERESSE NA VAGA - Revista revela que Maggi acompanhou julgamento de Selma no TSE

(folhamax)

Com a perspectiva da cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Podemos-MT) nesta terça-feira (10), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), crescem os rumores na imprensa nacional a respeito de um suposto interesse do ex-ministro e ex-senador Blairo Maggi (PP) em disputar a vaga em uma eleição suplementar. Desta vez foi a revista digital Crusoé, na coluna Diário, que publicou a notícia, informando, inclusive, que Blairo esteve acompanhando a sessão que abriu a votação de cassação de Selma no Tribunal no TSE na última terça-feira (03).

Com o título “Blairo Maggi volta ao jogo político”, a revista diz que o ex-governador havia prometido abandonar a política quando deixou o comando do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Entretanto, diz a revista, os últimos movimentos de Blairo “indicam o contrário”. 

“Na semana passada, ele [Blairo] compareceu pessoalmente a sessão do TSE que pode resultar na cassação da senadora Selma de Arruda, do Podemos de Mato Grosso. Ao lado de Blairo estavam Eraí Maggi, seu primo, e Cidinho Santos, candidato do coração do ex-ministro à prefeitura de Cuiabá no próximo ano”, diz trecho na notícia publicada pela Crusoé.

Em outra ocasião, o suposto interesse de Blairo em disputar a vaga também foi apontado por outra publicação. O site da revista Veja, por exemplo, no dia 8 de novembro passado publicou uma nota na Coluna Radar na qual dizia que ex-ministro estava se movimentando politicamente para uma possível candidatura ao Senado no Estado. Segundo a coluna, Blairo estaria “em plena campanha ao Senado” ao realizar um “estradeiro” juntamente com lideranças políticas e do agronegócio para comemorar os dez anos de pavimentação das rodovias MT-170 e MT 235 que foram asfaltadas no período em que dirigiu o Estado. 

Na época, em um vídeo no Facebook, Blairo negou: “Quero dizer a vocês que não pretendo, não quero, não desejo e que não disputarei nenhum cargo eletivo”, disse ele, lembrando que, final de 2017, já tinha comunicado todo o seu grupo que se afastaria da política.

OUTRO LADO

Em um grupo do aplicativo WhatsApp, Blairo Maggi negou ter comparecido a sessão que iniciou o julgamento do recurso de Selma Arruda. Ele disse que estava em outro compromisso em São Paulo, que seria um evento sobre meio ambiente no fórum Da Coalizão Clima, Floresta e Agricutura.

Leia abaixo, na íntegra, a notícia publicada neste domingo (8) pela revista Crusoé.

Blairo Maggi volta ao jogo político

“O empresário Blairo Maggi havia prometido abandonar de vez a politica no fim do ano passado, quando deixou o comando do ministério da Agricultura. Seus recentes momentos, no entanto, indicam o contrário.

Na semana passada, ele compareceu pessoalmente a sessão do TSE que pode resultar na cassação da senadora Selma de arruda, do Podemos de Mato Grosso. Ao lado de Blairo estavam Eraí Maggi, seu primo, e Cidinho Santos, candidato do coração do ex-ministro à prefeitura de Cuiabá no próximo ano.

Seis ministros ainda votarão no caso Selma, mas o ministro Og Fernandes já se posicionou pela perda de mandato. A senadora, juíza em seu Estado, é acusada de caixa dois e de abuso de poder econômico em sua campanha nas eleições de 2018. Em abril, o mandato de Selma foi cassado pela Justiça Eleitoral mato-grossense. Após recurso da defesa, o processo seguiu para o TSE”.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo