Política

04/04/2019 15:18

Deputados federais de MT gastam R$ 257 mil em 2 meses; senadores R$ 51 mil

(sonoticias)

Os deputados federais de Mato Grosso gastaram R$ 257,5 mil da cota para o exercício da atividade parlamentar desde o começo deste ano. O deputado Neri Geller (PP) foi o que mais consumiu a cota, chegando a R$ 48,6 mil. Foram R$ 29,3 mil em fevereiro e R$ 19,2 mil em março, segundo prestação de contas no Portal da Transparência da Câmara Federal.

O segundo parlamentar a mais usar a cota é o sinopense Juarez Costa, com R$ 44,1 mil, sendo R$ 27,7 mil em fevereiro e R$ 16,3 mil em março. Mesmo sem se reeleger, Valtenir aparece em terceiro lugar, com gastos de R$ 41,2 mil, correspondente a R$ 37,6 mil em janeiro, R$ 1,1 mil em fevereiro, R$ 2,3 mil em maço e R$ 80 em abril, até hoje. Valtenir assumiu no lugar de Carlos Bezerra (MDB) que se licenciou logo após tomar posse.

Bezerra fecha a lista dos que já gastaram acima de R$ 40 mil, com 600 a mais no orçamento. Em janeiro ele consumiu R$ 28,5 mil e em fevereiro foram R$ 12,1 mil.

A lista segue com a petista Rosa Neide (R$ 31,2 mil), José Medeiros (Podemos), com R$ 21,2 mil, Emanuelzinho (PDT) com R$ 15,5 mil, Doutor Leonardo (Solidariedade), com R$ 10,1 mil, e com Nelson barbudo (PSL), gastando R$ 4,7 mil.

Os maiores gastos são com locação de veículos para locomoção da equipe em Brasília e com passagens aéreas para o trajeto entre a Capital Federal e suas bases em Mato Grosso.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo