Política

12/05/2022 09:18

SUPLÊNCIA GARANTIDA - Médica tira sarro e acaba com deputado

A médica e pré-candidata ao Senado pelo PSB, Natasha Slhessarenko, afirmou durante entrevista à rádio CBN nesta quarta-feira (11) que não há possibilidade de abrir mão de disputar o cargo na eleição de outubro deste ano. Filha da ex-senadora Serys Slhessarenko, ela disse que conta com o apoio do partido e que mesmo com o acordo político feito pela sua legenda com o PP, sigla que quer lançar o deputado federal Neri Geller (PP) ao mesmo cargo, é um problema.

A aliança entre PSB e PP começou a ser costurada por conta da eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O presidente estadual do PSB, o deputado estadual Max Russi é um dos mais cotados para o posto e, para isso, levou o partido para a base de apoio de Neri Geller, o que acabou minando a candidatura de Natasha ao Senado.

A médica, no entanto, desconversa e até sugere que o deputado federal seja seu suplente. “O presidente Max Russi tem sido extremamente acolhedor e onde ele vai, me leva junto. Isto tem me deixado muito tranquila e segura em relação aos posicionamentos do partido. Sobre uma possível composição com o Neri, acho que ele poderia ser um excelente suplente para o Senado. É sim, possível que a gente converse e se entenda. A política é a arte do diálogo e do entendimento, sempre pensando no bem maior da coletividade”, afirmou.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo