Notícias

14/08/2019 17:56

CRIME AMBIENTAL – Sema multa Prefeitura de Alta Floresta em 1 milhão

Após vistoria "in-loco" ao aterro sanitário, o Lixão, a SEMA (Secretaria de Meio Ambiente) aplicou um auto de infração na Prefeitura de Alta Floresta, que segundo informações, chega a 1 milhão de reais. De acordo com informações, a multa foi aplicado baseado na lei 9.605/98, artigo 54ª que trata de Crimes Ambientais.

O órgão responsabilizou a prefeitura pelos incêndios que ocorreram no Aterro Sanitário nos últimos dias e que causaram poluição em níveis que resultaram danos à saúde humana, bem como, a destruição significativa da flora.  A Prefeitura terá 20 dias para apresentar a sua defesa.

O Aterro Sanitário recebe todo lixo produzido nos municípios de Alta Floresta e Carlinda, chegou a ser fechado após o primeiro incêndio, de grande proporção, mas reaberto horas depois após acordo com as autoridades. A suspeita era de que o incêndio foi criminoso, provocado por pessoas que se utilizam dos materiais depositados no lixão. Como medida de segurança emergencial foi encaminhado para o local caminhão pipa e maquinários para conter os focos de incêndio, realizados aceiros mas, assim que foram retirados, outro incêndio de grandes proporções tomou conta do lixão e de áreas circunvizinhas, causando um enorme prejuízo para os moradores da região.

Incêndio destruiu todo material depositado

Local já esta recebendo novos lixos

 

 

 


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo