Notícias

12/06/2018 11:49

Vencedor de festival na Turquia, espetáculo de dança é apresentado pelo grupo Flor Ribeirinha no Teatro da UFMT

(G1)

O grupo Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio se apresenta de sexta-feira (15) a domingo (17), no teatro da Univesidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, o espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil, que homenageia as danças das regiões brasileiras Norte, Nordeste, Sudeste e Centro Oeste.

Com o espetáculo, o grupo venceu o Festival de Folclore da Turquia, em agosto do ano passado. O prêmio foi disputado por grupos de dança de 26 países. 

Grupo encena as danças tradicionais brasileiras num majestosos espetáculo com várias nuances, ritmos e gestualidade (Foto: Luiz Henrique Menezes/ Divulgação)

Grupo encena as danças tradicionais brasileiras num majestosos espetáculo com várias nuances, ritmos e gestualidade (Foto: Luiz Henrique Menezes/ Divulgação)

A fundadora e presidente do Flor Ribeirinha, Domingas Leonor, disse que o grupo rompeu fronteiras para mostrar a cultura regional em outros estados e países. A conquista do prêmio mundial, segundo ela, abriu novas portas e representou um marco na vida do Flor Ribeirinha e na história da cultura.

Mato Grosso Dançando o Brasil reúne os mais diferentes ritmos e garante a harmonia no palco (Foto: Luiz Henrique Menezes / Divulgação)

Mato Grosso Dançando o Brasil reúne os mais diferentes ritmos e garante a harmonia no palco (Foto: Luiz Henrique Menezes / Divulgação) 

O diretor artístico e coreógrafo do Flor Ribeirinha, Avinner Augusto, afirmou que o espetáculo "Mato Grosso Dançando o Brasil" reúne dezenas de artistas, entre músicos, dançarinos e outros que fazem as suas performances no palco. Trata-se de uma grande produção, com figurinos coloridos e também adereços.

Dançarinos no ritmo do frevo (Foto: Luiz Henrique Menezes / Divulgação)

Dançarinos no ritmo do frevo (Foto: Luiz Henrique Menezes / Divulgação)

Com 25 anos de história, o grupo já participou de todos os festivais de siriri em Mato Grosso e levou para outros estados e países as suas manifestações culturais. O grupo foi convidado para se apresentar no Festival de Dança de Santa Catarina e também em Minas Gerais.

Samba também faz parte do espetáculo (Foto: Luiz Henrique Menezes /Divulgação)

Samba também faz parte do espetáculo (Foto: Luiz Henrique Menezes /Divulgação)

Em seguida, o grupo se apresentou no evento Goal to Brazil, em Lima no Peru e posteriormente em Assunción, no Paraguay. 

O Flor Ribeirinha continuou rompendo fronteiras e foi convidado para se apresentar na França, Itália e Coréia do Sul, onde conquistou o segundo lugar entre os demais países. No ano passado, sagrou-se campeão mundial na Turquia com o espetáculo “Mato Grosso Dançando o Brasil.

Dança dos povos indígenas interpretada pelo Flor Ribeirinha (Foto: Luiz Henrique Menezes/ Divulgação)

Dança dos povos indígenas interpretada pelo Flor Ribeirinha (Foto: Luiz Henrique Menezes/ Divulgação)

O grupo Flor Ribeirinha nasceu em julho de 1993, em São Gonçalo beira rio, comunidade que foi fundada no século XVIII, no território Coxiponés. O grupo trabalha a dança típica mato-grossense, realizada há mais de 200 anos, que reflete o multiculturalismo formado por índios, negros, portugueses e espanhóis. Em suas apresentações, manifesta, uma coreografia variada, melodias alegres e letras que têm como mote a vida ribeirinha e as tradições religiosas.

O ingresso custa R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) e podem ser adquiridos no próprio teatro ou em outros pontos de venda. Mais informações pelo telefone: (65) 99204-8404.


© 2014 - Todos os direitos reservados  

É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo